Biografia

Selecione o integrante que deseja conhecer

  • Mari Antunes
  • Ana Monterry
  • Hudson Martins
  • J.C.
  • Lourenço
  • Márcio Carvalho
  • Muzenza
  • Ratinha
  • Rodolpho Azuos
  • Teco Lima
  • Tico Lima
  • Vanessa Estrela
Foto de Mari Antunes, a vocalista da banda Babado Novo

Mari Antunes

Com 26 anos, Mari Antunes assume os vocais do Babado Novo com o sonho de conquistar a fama e, quem sabe, um dia dividir o palco com Caetano Veloso. Do passado, ela não esquece a estreia no Carnaval de Salvador, que até hoje causa arrepios. Veja mais sobre o perfil da nova vocalista da banda de axé:

  • Nome completo: Marielle Santos Antunes Rebouças
  • Data de Nascimento: 07/09/1986
  • Signo: Virgem
  • Estado Civil: Casada
  • Cidade Natal: Itapetinga (BA)
  • Peso e altura: 52 kg / 1,60m
  • Um ídolo: Deus
  • O que não pode faltar na sua bolsa: Gloss e protetor solar
  • Um livro: A Cabana
  • Uma música: Lindinalva (Gilberto Gil)
  • Comida preferida: Frutos do Mar
  • Cor preferida: Branco e preto
  • Com quem gostaria de estar no palco: Caetano Veloso
  • Superstição antes de entrar no palco: Não tenho
  • Cantor preferido: Djavan
  • Cantora preferida: Marisa Monte
  • Uma frase: “O senhor é meu pastor e nada me faltará”
  • Show inesquecível: A estreia no Carnaval de Salvador
  • Viagem dos sonhos: Fernando de Noronha
Foto de Lourenço, percussão da banda Babado Novo

Lourenço

Percussão | Aniversário: 10/8

Lourenço começou a tocar percussão aos 14 anos. Baiano, de Salvador, ele começou a se profissionalizar aos 17 anos na banda Timbalada, onde ficou por cinco anos. Além da Timbalada, ele passou pelas bandas Cheiro de Amor e Chica Fé. No ano passado recebeu o convite para tocar na Sarypa, banda comandada por Mari Antunes. Em 2012 entrou na Babado Novo. “Estou muito feliz por fazer parte dessa banda. A expectativa é grande!”

Foto de Muzenza, percussão da banda Babado Novo

Muzenza

Percussão | Aniversário: 24/03

Muzenza toca percussão desde os 14 anos, há 20 anos. O baiano, da cidade de Paulo Afonso já tocou com as cantoras Sandra de Sá e Amanda Santiago, e nas bandas Baianada e Banda Mel. O percussionista está com a banda desde a Sarypa e no início de 2012 foi convidado para fazer parte da Babado Novo. “Sempre admirei a Babado Novo e estou muito contente de fazer parte de uma banda com uma história tão marcante”.

Foto de Hudson, baterista da banda Babado Novo

Hudson Martins

Bateria | Aniversário: 01/10

Hudson, o baterista da Babado, nasceu em uma família de músicos, foi por causa desse contato que ele se apaixonou pela música. Alagoano, de Maceió, Hudson veio para a capital baiana em 2003 e nesse tempo tocou nas bandas Vixe Mainha, Tribahia, Motumbá, Colher de Pau e tocou também com a cantora Gilmelândia. Foi convidado para fazer parte da Babado no início desse ano. “Estou contente de estar com bons profissionais e boas pessoas na Babado Novo, assim fica fácil trabalhar. Tenho certeza que faremos muito sucesso”

Foto de J.C., violonista da banda Babado Novo

J.C.

Violonista | Aniversário: 06/12

O J.C. é de Coaraci, região Sul da Bahia. Ele começou a se interessar pela música quando tinha 10 anos e aprendeu com seu avô a tocar cavaquinho. Um tempo depois aprendeu a tocar violão e guitarra. O músico passou por diversas bandas do Sul da Bahia, entre elas Garotos do Pagode, Caju com Mel e Maça do Amor, mas foi depois de tocar na banda Morenos do Capricho, que o J.C. recebeu o convite para fazer parte da Saypa e em seguida da banda Babado Novo. “Nosso som é muito verdadeiro, nós vivemos para que ele chegue no coração de vocês.”

Foto de Vanessa, Back Vocal da banda Babado Novo

Vanessa Estrela

Back Vocal | Aniversário: 02/08

Vanessa nasceu cercada por músicos. A baiana começou a cantar aos 15 anos, quando foi back vocal da banda de forró Arrocha o Nó, depois passou pela banda Motumbá e pela banda do cantor Netinho. Em junho desse ano foi convidada para fazer parte da Babado Novo. “Estou super feliz de fazer parte desse projeto lindo com músicos maravilhosos”.

Foto de Ratinha, percussão da banda Babado Novo

Ratinha

Percussão | Aniversário: 02/08

Ratinha começou a tocar percussão quando tinha 13 anos e teve com grande influência a banda Timbalada, pois cresceu ouvindo a batida dos tambores no bairro em que foi criada, o Candeal, em Salvador. Na época ela começou a tocar na banda Bolacha Maria, composta só por mulheres, nos quatro anos que ficou na banda chegou a fazer turnê pela Europa. Depois tocou na banda Sanatório Brasil e em 1997 recebeu convite para fazer parta da banda As Meninas. Com a banda Ratinha fez turnê nacional e internacional. Ratinha ficou 10 anos com As Meninas, depois fez participação na gravação de CD e DVD de diversos artistas. No ano passado começou a tocar na Sarypa e em 2012 foi convidada para tocar na Babado Novo.

Foto de Márcio, percussão da banda Babado Novo

Márcio Carvalho

Percussão | Aniversário: 02/04

Márcio é baixista e diretor musical da Babado. Ele começou a se interessar pela música aos 15 anos, quando resolveu aprender a tocar violão. Pouco tempo depois se interessou pelo baixo, instrumento que conquistou Márcio. O músico passou por diversas bandas, entre elas, Reflexu’s, As Meninas, Parangolé, Colher de Pau e Tribahia. Em 1997 começou a se interessar pela área de direção musical, pelos arranjos. Em 2011 começou a tocar na banda Sarypa e no início desse ano foi convidado para ser diretor musical da Babado. “Estou muito animado com essa nova fase da banda e muito feliz de fazer parte dela”

Foto de Teco, saxofonista da banda Babado Novo

Teco Lima

Trombone e Saxofone | Aniversário: 06/6

Os irmão Teco e Tico Lima são de Maceió, mas desde 2007 estão em Salvador. Os alagoanos tiveram como inspiração a avó, que tocava trompete. Eles estudaram música em Pernambuco e tocaram por alguns anos em filarmônicas. Os dois tocaram nas bandas Nata do Samba, Pega no Compasso e Preto bom. Também tocaram com os cantores Beto Jamaica, Xexéu e Reinaldo. Ano passado fizeram parte da Sarypa e esse ano receberam o convite para tocarem na Babado Novo.

Teco: “Espero fazer uma bela jornada com a Babado Novo”

Foto de Tico, trompetista da banda Babado Novo

Tico Lima

Trompete | Aniversário: 28/9

Os irmão Teco e Tico Lima são de Maceió, mas desde 2007 estão em Salvador. Os alagoanos tiveram como inspiração a avó, que tocava trompete. Eles estudaram música em Pernambuco e tocaram por alguns anos em filarmônicas. Os dois tocaram nas bandas Nata do Samba, Pega no Compasso e Preto bom. Também tocaram com os cantores Beto Jamaica, Xexéu e Reinaldo. Ano passado fizeram parte da Sarypa e esse ano receberam o convite para tocarem na Babado Novo.

Tico: “Estou acreditando muito nesse projeto e quero contar com a energia do público”.

Foto de Rodolpho, guitarrista da banda Babado Novo

Rodolpho Azuos

Guitarra | Aniversário: 05/08

Rodolpho começou a se interessar pela guitarra quando tinha seis anos, no Carnaval ele ia com os pais ver Luis Caldas, Armandinho e Pepeu Gomes, o último foi quem influenciou o músico a gostar da guitarra. Aos 14 anos comprou seu primeiro violão e em menos de um ano ganhou uma guitarra. Nessa época ele começou a fazer aula de guitarra e alguns anos depois chegou a cursar um ano a oficina de violão clássico da UFBA. A partir de 2005 resolveu se dedicar integralmente a música, passou por diversas bandas do cenário pop/rock e depois começou a tocar em bandas de axé, como: Daniel Vieira, Santo Axé, Viviane Tripodi, Amanda Santiago e Sarypa. No início do ano recebeu o convite para fazer parte da Babado Novo. “Espero que todos curtam o nosso som!”

Foto de Ana, tecladista da banda Babado Novo

Ana Monterry

Teclado | Aniversário: 10/12

Ana Monterry, tecladista da Babado, aprendeu a tocar piano quando tinha 10 anos, quem ensinou foi seu pai, que é sanfoneiro. Ela é de Cuiabá e com 12 anos montou uma dupla com o irmão Pedro, os dois tocavam em festas infantis da região. Aos 15 anos começou a tocar teclado na banda Caçulas do Samba, a banda foi muito conhecida na região. Em 2010 ela veio para Salvador depois de receber o convite pra tocar na banda de pagode, Laduma, depois passou pelas bandas Levada Louca e Sarypa. Esse ano recebeu o convite para fazer parte da Babado Novo. “Eu vim lá do Pantanal e agora estou muito feliz por estar aqui na Bahia e fazer parte desse projeto”.